Opinião

Os elementos que podem danificar para sempre a Praia Central

Preocupante a constância e volumes de briozoários, ou algas, na Praia Central de Balneário Camboriú. Fato que continua sem uma explicação plausível e definitiva. É preciso saber o porquê e como defender o ambiente desse dano A explicação para a ocorrência desses eventos ainda é inconclusiva, devido à falta de recursos financeiros para as pesquisas, mas há evidências consideráveis de que há um efeito sinérgico entre a alta concentração de nutrientes, bactérias e detritos orgânicos na água, relacionada com a poluição local e a eliminação de competidores naturais pelos impactos das obras. Bom lembrar que um estudo para entender o fenômeno é uma das condicionantes para o definitivo licenciamento ambiental que o IMA emitiu para o engordamento da faixa de areia ou Alimentação Artificial da Praia Central. É um garantidor do monitoramento da praia após a intervenção.

Leia opiniões sobre outros assuntos.

Últimas notícias

STJ decide sobre indenizações em desapropriações indiretas

20/02/2020

A decisão vale para os casos em que municípios, estados e União tenham desapropriado imóveis para realizar obras e leva em consideração o equilíbrio entre o direito de propriedade do particular e o interesse coletivo. A decisão foi tomada durante o julgamento de um recurso contra Santa Catarina, relacionado ao extinto Deinfra.

Polícia Militar lança Operação Alegria com dicas de segurança

20/02/2020

Principais ações serão para coibir o porte ilegal de arma, a posse e o comércio de drogas, a venda de bebidas alcoólicas em desacordo com a lei e a condução de veículos sob efeito de álcool ou substâncias psicoativas. Há cuidados muito especiais e necessários a serem adotados pelos folliões e devem ser seguidos pelo povo.

Operação Luz da Infância combate exploração sexual de crianças em SC

18/02/2020

A Operação Luz na Infância 6 realizada pela Polícia Civil nesta terça-feira (18) cumpriu dezesseis mandados de busca e apreensão em Santa Catarina. A ação faz parte de uma força-tarefa nacional de combate aos crimes de exploração sexual praticados contra crianças e adolescentes na internet. Houve nove prisões no Estado.

Feminicídio e a descrença no sistema que faz prevalecer o pós-tragédia

17/02/2020

Descrença no sistema faz vítima de feminicídio não buscar ajuda antes das tragédias. A maioria das mulheres vítimas de feminicídio no Brasil não buscou ajuda, não denunciou as violências anteriores, não registrou nenhum boletim de ocorrência, não se amparou na rede de apoio e em nenhum órgão estatal. Debate em seminário no TJSC.

Pontes de vias marginais e Centro de Eventos, duas expectativas

16/02/2020

Tanto a obra das vias marginais quanto as do Centro de Eventos, cada qual no seu tempo e nas suas circunstâncias, possuem mazelas e indefinições próprias, tanto quanto a causas como quanto a tempo e espaço. Saber o que virá antes e o que virá depois, pouco importa. Mas a espera é enervante, com tanto suspense.

Projetos do Executivo alteram pontos do Código Estadual Ambiental

14/02/2020

As matérias tratam da mudança nos critérios para lançamento de efluentes (PL 426/2019) e da elaboração do Plano Estadual de Controle de Poluição Veicular (PL 6/2020). O PL 426/2019 altera dois artigos do código (177 e 178) que estabelecem parâmetros, condições e regras para lançamento de efluentes em rios, lagos e no oceano.

Ver todas as notícias