Opinião

Volta, Maraschin

Nessa situação de moradores de rua e mendigos, há o fator social e humanístico a ser enfrentado. É realidade. E neste caso parece enxugamento de gelo apenas recolhê-los, dar-lhes banho, alimentá-los e financiar as passagens no retorno às suas origens. Isso se repete (basta olhar dados estatísticos da própria secretaria) como um moto perpétuo. Eles vão e voltam. Alguns são da própria cidade, abandonados pela família ou sem estrutura para sobreviver dignamente. E alguns são donos de fichas policiais. É preciso enquadrar a família, quem sabe – até para ajudá-las na recuperação do familiar. Este seria um projeto positivo.

Leia opiniões sobre outros assuntos.

Últimas notícias

Celesc reestrutura seu sistema para melhorar gestão

19/02/2019

A atual estrutura das agências foi montada em 2009 e não sofreu alterações desde então. Ao agrupar em oito núcleos e oito unidades, a ideia é fortalecer a presença da empresa por meio de pólos regionais, tornar os processos internos mais ágeis e dinâmicos, sem gerar custos adicionais.

Muitos agendam exames sofisticados e não aparecem

19/02/2019

No último sábado, Secretaria de Saúde de Balneário Camboriú realizou mutirão de exames no Centro de Diagnose. Foram ofertadas ultrassonografias de mamas, transvaginal e obstétrica, além de raio-x. Apesar de os pacientes terem confirmado presença, houve grande número de faltas.

Sistema S indo em cana por atacado

19/02/2019

Presos presidentes de Federações da Indústria de Alagoas, Paraíba e Pernambuco, além do presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI). A Polícia Federal e o TCU formaram a Operação Fantoche. Mais gente está indo pra fita. Ações irregulares nos governos Lula e Dilma, via Ministério do Turismo.

Camboriú x Balneário = unificação ?

17/02/2019

A proposta de unificar é simplória e inviável. Ponto. Até porque os problemas existentes cá e lá podem ser resolvidos sem unificação territorial e política, bastando entendimento. Como deveria e poderia ter ocorrido, por exemplo, em 2005, quando da saída da Casan. Ou agora mesmo, com o projeto de um reservatório de água bruta.

Lei de SC de pontos na CNH é inconstitucional

17/02/2019

A lei estadual que obriga o Detran de Santa Catarina a notificar os motoristas da suspensão do direito de dirigir apenas no mesmo ano em que atingir os 20 pontos na carteira nacional de habilitação (CNH), sob pena de arquivamento do caso, é inconstitucional, decide por TJ por unanimidade.

Deputados exigem justificativa para aumento do ICMS sobre cesta básica

13/02/2019

Os deputados subiram o tom nas críticas aos aumentos de ICMS para produtos da cesta básica na sessão desta terça-feira (12) da Assembleia Legislativa e aprovaram a convocação do secretário da Fazenda, Paulo Eli, para que justifique a edição dos decretos no fim do ano passado que reajustam o ICMS de vários produtos a partir de 1. de abril.

Ver todas as notícias