Opinião

O fim das coligações proporcionais e o filtro de qualidade de candidaturas

Presentes desde os anos 1950 — mas proibidas durante o período da ditadura militar, sendo retomadas com a redemocratização — as coligações partidárias, pelo menos para chapas proporcionais, estão novamente vetadas a partir de 2020, quando a população votará para escolher os prefeitos e vereadores. Com o fim das coligações, há a possibilidade de se filiar a um partido e saber, pelo menos nas chapas proporcionais, que ele seguirá apenas com a própria bandeira, sem se ligar com partidos que não desejamos, acabando, de certa forma, com esse balcão negócios, que alguns presidentes de partidos têm costume de fazer na calada da noite.

Leia opiniões sobre outros assuntos.

Últimas notícias

SC: segundo maior polo têxtil e de confecções do Brasil

19/05/2019

De acordo com os dados mais recentes, Santa Catarina concentrava 7.411 empresas de vestuário e acessórios em 2017 – a maioria no Vale do Itajaí. A maior parte dos empreendimentos é formada por micro e pequenas empresas (somando 88,4 por cento dos estabelecimentos). China é o maior exportador de vestuário do mundo.

Ex-Secretário Regional de Brusque condenado por corrupção passiva

18/05/2019

Além de condenação em duas ações Jones Bósio responde a outras 15 ações por atos de improbidade administrativa e a 19 ações penais por ilicitudes cometidas no exercício do cargo de Secretário de Desenvolvimento Regional de Brusque e mais uma ação por improbidade e uma ação penal por atos praticados como funcionário da Prefeitura.

Reforma administrativa de SC, emendas e definições do projeto em tramitação

17/05/2019

A organização, o funcionamento e a estruturação das autarquias, das fundações, de empresas públicas e das sociedades de economia mista do Estado, por exemplo, só poderão ser feitas por meio de projeto de lei específico, que deverá ser aprovado pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina.

Denatran aceita registro de motorista diferente do dono do carro

17/05/2019

A indicação do principal condutor é prevista na Lei nº 13.495/2017. Só é possível o cadastro de condutores com Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ativa e com categoria compatível ao veículo. Confirmado o aceite, o nome do condutor fica inscrito no Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam).

Modelo penitenciário de SC é recomendado pelo Ministério da Justiça

17/05/2019

Santa Catarina se tornou uma referência na oferta de trabalho basicamente por dois motivos: o primeiro deles é que a atividade disponibilizada exige mão de obra qualificada, ou seja, o interno recebe uma capacitação e pode exercer uma profissão quando ganhar a liberdade. É estratégia de segurança e chance de reabilitação.

Senador Jorginho Mello assume defesa de pleitos de Balneário Camboriú

17/05/2019

Jorginho Mello se dispôs à luta em favor de recursos e ações para Balneário Camboriú, especialmente em relação ao Centro de Eventos, pontes das marginais e hospital Ruth Cardoso. Ele garantiu apoio do PR às reformas pretendidas pelo governo, mas com mudanças necessárias em alguns pontos.

Ver todas as notícias