Uma dose de realidade cruel

Com veemência, o líder do governo na Câmara Municipal, vereador Marcelo Achutti (PP), citou entrevista de Pezão, administrador do Centro de Convenções de Florianópolis ao radialista Tigrão, em que afirma a possibilidade de o Centro de Eventos de Balneário Camboriú virar um elefante branco, por falta de condições de funcionar em eventos de grande porte. Segundo Achutti, a construção não previu sequer rede de Internet.

A afirmação não nos surpreende, porque, desde sempre, colocamos em dúvida a gestão futura do Centro de Eventos da cidade, ainda não definida, ante a declarada falta de projeto de viabilidade econômica - que deveria ter sido apresentado antes mesmo de sua aprovação e início da construção. Com o passar do tempo, as dúvidas só aumentam. Infelizmente.

O vereador discorreu, ainda, sobre falácias de recursos do Estado para a saúde e para a construção da nova sede da Delegacia Regional. Recursos anunciados de até R$ 11 milhões sequer estão alocados e nem um centavo chegou até agora. Como dizem: queremos é novidade. Desde quando o Estado cumpre obrigações para com Balneário Camboriú? Será esta outra novela de tristes consequências.