Votos contra punição a Temer e Renan

GLOBO

Relator vota pela rejeição da denúncia contra Temer

Em seu voto na CCJ da Câmara sobre a denúncia contra o presidente Temer por obstrução de Justiça e organização criminosa, o relator Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) pediu o arquivamento do caso e fez duras críticas ao Judiciário, ao Ministério Público e à PF. O tucano também isentou os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco. O relatório deve ser votado na comissão semana que vem. Na hora da leitura do relatório, Temer se reunia com a bancada ruralista.

ESTADÃO

Com ataques à Justiça e PGR, relator rejeita 2ª denúncia

Relator na Câmara da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer e os ministros Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) e Eliseu Padilha (Casa Civil), o deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) recomendou a rejeição da acusação formal da Procuradoria-Geral da República. Em parecer curto e previsível apresentado à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Bonifácio criticou o Judiciário e atacou o Ministério Público Federal e a Polícia Federal. Com o parecer favorável, os governistas acreditam ter entre 38 e 44 votos dos 66 membros da CCJ, incluindo deputados de PSB e PSDB. No documento, o relator rechaçou a acusação de obstrução da Justiça e disse não haver provas que sustentassem a tese de organização criminosa. Bonifácio também considerou que Temer não poderia ser processado por atos supostamente cometidos antes de assumir o mandato, em maio do ano passado.

CVM acusa 40 pessoas por irregularidades na Petrobrás

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgão regulador do mercado de capitais, acusa um grupo de 40 administradores e ex-administradores da Petrobrás de irregularidades contábeis. A lista contém os nomes dos ex-presidentes Aldemir Bendine, Graça Foster e José Sérgio Gabrielli.

FOLHA

Supremo rejeita acusação contra Renan na Lava Jato

A 2a Turma do STF rejeitou denúncia da Procuradoria contra Renan Calheiros (PMDB). Ele foi denunciado em 2016, sob acusação de corrupção e lavagem de dinheiro. Para o relator, Edson Fachin, a peça “sucumbe diante da fragilidade” das informações apresentadas.

Agentes ofendem chineses durante operação em SP

Funcionários a serviço da Receita xingaram chineses durante ação na rua 25 de Março, no centro, mostra vídeo gravado em setembro. Um dos agentes diz ainda que eles tomam trabalho de brasileiros. A Receita afirma que investigará.

Fazenda quer MP para elevar alíquotas do PIS e da Cofins

A equipe econômica prepara medida provisória para elevar a cobrança de PIS/Cofins. A ação, que aumentaria de 9,25°/o para em tomo de 10% a alíquota somada, visa a compensar as perdas de arrecadação com decisão do STF que excluiu o ICMS da base de cálculo desses tributos. O objetivo ê igualar as receitas previstas antes do julgamento, que ocorreu em março. A proposta será enviada à Casa Civil.