Operação apura desvio de R$ 320 milhões na UFSC

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quinta-feira (7) a Operação "Torre de Marfim" para apurar aplicação irregular de verbas públicas federais de cerca de R$ 320 milhões e que seriam destinadas a projetos de pesquisa desenvolvidos por fundações de apoio à Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). 

(LEIA MAIS AQUI, NA INFORMAÇÃO DO "VALOR ECONÔMICO")