O mote das Novas Ideias

Quarta Avenida entre a 2650 e a 3000 (2017) 

Estacionamento rotativo (2017)

Reforma administrativa (2017)

Enxugamento da máquina administrativa (2017)

Nomeações técnicas para cargos de direção (2017)

Gestão do Ruth Cardoso (2017)

Ampliação de ensino integral

Construção de mais Núcleos Infantis - Preferiu-se comprar vagas de escolas privadas

Inclusão de mais Guardas Municipais

---

São compromissos assumidos em campanha, alguns prometidos para 2017 (estão assinalados) e ainda em compasso de espera e sem perspectiva de conclusão, alguns assegurados para ações imediatas, como a reforma administrativa, cantada em prosas e versos em todas as falas pré-eleitorais e nem se sabe quando e como acontecerá.

O mote de campanha eram "Novas Ideias". De nova ideia mesmo só se viu um fenômeno singular, ocorrido pela primeira vez em muito tempo: a cidade arrecadou menos e falta dinheiro para cumprir as metas. Em todos os tempos, só se viu isso no governo do Castro (1992-1996), quando as condições nem chegavam perto das atuais, que são muito melhores, com uma arrecadação que vai a R$ 2,5 milhões por dia em 2018.

===

Post Scriptum de contraditório à informação do último parágrafo:

Está finalizando o ingresso das receitas no Portal da Transparência da prefeitura de Balneário Camboriú. E a do ano (2017) deverá ser a segunda melhor arrecadação nos últimos cinco anos. Não confere, então, que seria a pior arrecadação dos últimos cinco anos, como divulgado dias atrás. Explica-se: depois da divulgação pessimista, foram lançados outros fatores de receita, na época ainda faltantes. O portal demora uns 10 dias para que toda a receita seja lançada, como acaba de ser.
Na verdade a despesa com custeio e pessoal é que foi uma das mais altas do últimos anos. Informação de fonte interna, sujeita a explicações e/ou correções, se quiserem. Em todo caso, o Portal da Transparência pode ser acionado, para confirmar ou não.