Homicídio em Porto Belo

Ação conjunta das Polícias Militar e Civil resulta na prisão de 03 homens por envolvimento em homicídio em Porto Belo.

Por volta das 04h da sexta-feira, 02, Gilmar Carvalho Junior (FOTO), 22 anos, foi vítima de homicídio, por arma de fogo, no bairro Perequê.

As informações iniciais davam conta de que dois homens teriam marcado encontro com a vítima para acerto de dívidas de tráfico, tendo o carona descido de um VW/Gol preto e efetuado disparos contra Gilmar, que não resistiu e entrou em óbito ainda no local.

Imediatamente, as Polícias Militar de Porto Belo e Bombinhas e Civil de Porto Belo passaram a trabalhar em conjunto, objetivando a elucidação do crime e a prisão dos autores, de sorte que durante a tarde foram presos Thiago de Araújo Gregorini, 26 anos, Leandro Osni Hildebrando Filho, 18, e Kalebe Leal da Silva, 26.

Inicialmente, os policiais foram até a casa de Kalebe, onde foi localizado o automóvel utilizado no crime. Kalebe afirmou que apenas teria autorizado a guarda do Gol em sua casa. Ele autorizou buscas no local, onde foi localizada uma munição .40, similar a utilizada no homicídio. Em seguida, chegou à residência Leandro, que ao perceber a presença dos policiais tentou fuga, porém foi contido.

Indagado sobre a morte de Gilmar, Leandro confessou que foi autor dos disparos e que Thiago o teria auxiliado, emprestando e dirigindo o veículo Gol. Kalebe indicou, ainda, onde estava Thiago, de modo que este foi de fato encontrado no local indicado. Com ele foram encontradas 13 buchas de cocaína. Thiago confirmou a versão apresentada por Leandro.

A versão apresentada pelos dois diz que Leandro possuía relacionamento com a ex-namorada de Gilmar e que este estaria o ameaçando de morte. Assim, marcaram para se encontrar, tendo Thiago conduzido o automóvel e Leandro efetuado os disparos, fugindo do local em seguida.

Segundo os autores do homicídio, a arma, uma pistola glock, calibre .40, foi jogada de cima de uma ponte. Os policiais fizeram buscas no local indicado, no entanto não a localizaram.

Os três homens foram apresentados na Delegacia de Porto Belo, sendo Thiago autuado em flagrante por homicídio e tráfico de drogas, Leandro foi autuado por homicídio e Kalebe por favorecimento pessoal e posse de munição de uso restrito.