Rotativo volta à discussão

A informação oficial:

Nesta sexta-feira (09), o Fundo Municipal de Trânsito (FUMTRAN), irá realizar uma audiência pública, sobre a implementação do estacionamento rotativo de Balneário Camboriú. A conversa será na Câmara de Vereadores e terá início às 19h30. A gestora do Fundo Municipal de Trânsito, Maria Cristina Andrade, explica que será apresentado todo o estudo realizado para o novo sistema de estacionamento rotativo. “Iremos apresentar o número de vagas que terão na Zona Azul, como o estacionamento rotativo poderá ser administrado e as novidades tecnológicas previstas, como os sensores que serão colocados em alguns espaços para estacionamento”, disse ela.


O comentário:

Que não abusem como da outra vez, na licitação torpedeada. Criar mais vagas que o necessário ou aceitável é burlar a lógica. Colocar no sistema todas as transversais entre Brasil, Atlântica e Terceira é demais. Ir até a 3900, como queriam na Brasil, é abusar de qualquer critério sensato. Ir até a 3100 na Terceira, idem. Não façam isso. Se fizerem, terão oposição ferrenha. Aqui e em outros lugares, com toda a certeza. Tratar-se-ia de um flagrante abuso com o sentido único de caçar dinheiro para um sistema privado. De resto, a medida é necessária no seu bojo estrito - o controle de vagas nos pontos de maior concentração comercial. Mas é só.