Político condenado sai do cargo imediatamente

ESTADÃO

Trump aceita discutir questão nuclear com Coreia do Norte

O presidente Donald Trump, dos Estados Unidos, aceitou o convite do ditador norte-coreano, Kim Jong-un, para discutir a questão nuclear, anunciou ontem à noite o conselheiro de Segurança Nacional da Coreia do Sul, Chung Eui-Yong, que leu uma carta em frente à Casa Branca. Segundo o representante sul-coreano, o encontro deve ocorrer em maio, mas o local da reunião ainda não foi escolhido. A Casa Branca confirmou o anúncio. Chung disse a Trump que o regime norte-coreano está comprometido com a desnuclearização e disposto a suspender os testes nucleares e de mísseis. O funcionário sul-coreano afirmou ainda que Kim Jong-un disse entender que os exercícios militares que EUA e Coreia do Sul realizam devem continuar. O convite é feito um ano após a Coreia do Norte testar um míssil balístico intercontinental capaz de atingir os EUA.

FOLHA

Trump não poupa Brasil e eleva taxa sobre o aço

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou nesta quinta (8) decreto que oficializa a elevação das tarifas de importação de aço para 25% e de alumínio para 10%. A sobretaxa, que terá impacto global, entra em vigor em 15 dias. 0 Brasil, segundo maior exportador de aço para os EUA, estará sujeito às novas alíquotas —antes, a taxa era em média de 0,9%, diz o governo brasileiro. A mudança pode desequilibrar a indústria siderúrgica, que emprega cerca de 100 mil pessoas. Desde Io de março, quando Trump anunciou a intenção de subir as tarifas de importação, as empresas do setor na Bolsa de São Paulo perderam juntas R$ 4,3 bilhões em valor de mercado. 0 governo brasileiro avisou que vai reagir. 0 Ministério da Indústria e Comércio e o Itamaraty divulgaram nota conjunta afirmando que o Brasil tomará ações bilaterais e na OMC (Organização Mundial do Comércio) contra a medida americana. Canadá e México foram poupados, e Trump deixou aberta a possibilidade de modificar ou remover as tarifas de outros parceiros. Em reação ao protecionismo americano, 11 países do Pacífico assinaram também nesta quinta um acordo de livre-comércio. Entre eles, o Canadá e o Japão, importantes parceiros comerciais dos Estados Unidos. 

Ou tribunal de contas muda ou acaba, diz líder da câmara de SP

0 presidente da Câmara Municipal de São Paulo, Milton Leite (DEM) ameaça de extinção o Tribunal de Contas do Município. Ele afirma que a sociedade cobra atitude sobre o TCM — que barrou alguns dos projetos prioritários da gestão Doria (PSDB)— e fala em aposentar os cinco conselheiros do órgão. Outra possibilidade seria a extinção do tribunal por meio de lei. “Vários vereadores querem extinguir o TCM”, diz à Folha. 

Após críticas, Fux desiste de mudar pesquisa eleitoral

O Tribunal Superior Eleitoral decidiu revogar norma que proibia perguntas não relacionadas à eleição em pesquisas de intenção de voto. As mudanças foram alvo de críticas de institutos, que viram potencial restrição ao exercício da imprensa. 0 presidente do TSE, ministro Luiz Fux, afirmou que a alteração gerou incerteza jurídica, o que contraria o objetivo da corte.

Político condenado deve deixar cargo após decisão do TSE

0 Supremo Tribunal Federal decidiu que políticos condenados pelo TSE ao indeferimento do registro, à cassação do diploma ou à perda do mandato terão de deixar o cargo que ocupam assim que a corte eleitoral der sua palavra final. Eles poderão recorrer ao Supremo, mas fora do mandato.

Previ zera déficit de R$ 16 bilhões até o fim do 1º trimestre

Maior fundo de pensão do país, com 200 mil associados e R$ 165 bilhões em investimentos, a Previ, dos funcionários do Banco do Brasil, anuncia a reversão de perdas de R$ 16 bilhões e um novo sistema que será usado na avaliação dos investimentos para evitar riscos desnecessários. A informação foi adiantada pelo presidente, Gueitiro Genso, em entrevista à Folha.