Captação de água da chuva é obrigatória

Foi sancionado pelo prefeito Élcio Rogério Kuhnen, a alteração na Lei Municipal nº 2.780/2014, proposta pelo vereador Vilson Albino (PV) e aprovada pela câmara no fim de 2017. Agora, a implantação do sistema de captação da água da chuva é obrigatória em construções maiores que 700m². Com a alteração em vigor, construtores só terão direito a liberação da obra e alvará se apresentarem projeto do sistema de captação de seus empreendimentos. “Esta lei irá garantir que as obras em Camboriú tenham responsabilidade ambiental e que a falta de água não continue sendo um problema constante para os moradores” comemorou o vereador.
===
Para registro necessário: a água da chuva não serve para consumo humano, exceto se for devidamente tratada. Ela não é naturalmente pura, muito pelo contrário. Portanto pouco resolverá quanto à falta de água potável. Servirá, sim, para garantir outros usos, como o banho, lavar roupas, os sanitários, regar plantas e a higienização de ambientes. O que, aí sim, significará economia da água tratada, destinando-a a uso mais nobre. Nada além disso.