Acidentes reduzem entre 2017 e 2018

POLÍCIA MILITAR - 12º BATALHÃO
12ºBPM apoia o Movimento Maio Amarelo

O Movimento Maio Amarelo deste ano usa o mote “Nós somos o Trânsito” e tem o objetivo de conscientizar as pessoas da sua responsabilidade no trânsito. Este período é dedicado para intensificar campanhas que promovem a segurança e enfatizam as questões que são cobradas diariamente.

Em Assembleia Geral realizada pela ONU (Organização das Nações Unidas), em 2010, definiu-se que o período entre 2011 e 2020 seria a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito” com o objetivo de reduzir as mortes e a violência no trânsito.

Essa iniciativa foi baseada em um estudo realizado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) que contabilizou três mil mortes por dia nas estradas, ficando como a nona maior causa de mortes no mundo.

Segundo estimativa da OMS, cerca de 1,9 milhão de pessoas devem morrer no trânsito até 2010 e 2,4 milhões até 2030.

Intensificar as campanhas de segurança no trânsito foi a forma encontrada pela ONU para reduzir esses números.

A Polícia Militar, juntamente com outras entidades e organizações, também apoia o movimento Maio Amarelo realizando palestras, blitz educativas, operações integradas com foco na lei seca, mantendo como estratégias a fiscalização e abordagens preventivas no trânsito.

Preservar a vida é a prioridade em todas as operações realizadas pela Polícia Militar.

O 12º Batalhão da Polícia Militar de Santa Catarina registrou, em Balneário Camboriú, redução de 26,75% nas ocorrências de acidentes de trânsito de 1º de janeiro até 1º de maio em relação ao mesmo período do ano anterior. Em 2017, foram 1368 acidentes, e neste ano foram 1002 ocorrências. Os números contabilizam acidentes com danos materiais e/ou com vítimas feridas.

Foi constatado que, embora os números tenham reduzido, durante a última temporada de verão, o número de acidentes aumentou em relação à temporada anterior e demais meses do ano. As operações de barreiras móveis com apoio dos Agentes Municipais de Trânsito com foco na fiscalização estão sendo mantidas para coibir excessos e evitar acidentes. Juntos, com conscientização, vamos fazer o trânsito mais seguro.