Sem planejamento fica difícil

Andando pela cidade, sempre se encontra aspectos merecedores de análise. Exemplo de hoje: a implantação da ciclofaixa na Rua Dom Daniel, na Vila Real, mão única no sentido sul. Na agonia de mostrar serviço e decantar ações, "requalificaram" a rua e colocaram a ciclofaixa à direita. Só depois perceberam que à direita os ônibus têm parada. Então, depois do serviço todo concluído, faltando apenas a pintura, deduziram o absurdo e estão alterando para o lado oposto, aí sim com os devidos acabamentos.

Um pequeno detalhe demonstrativo de ausência de qualquer planejamento. Numa situação simples, erraram completamente. Nem se fala aqui de custo e coisas tais, porém é preciso alertar para os riscos do primarismo do erro. Dá a entender que estão fazendo obras sem observar técnicas adequadas e sem ouvir os especialistas (deve haver especialistas na área, ou não?). De qualquer maneira, ali nem precisaria ser especialistas em nada. Bastaria ter olho lógico, ante a característica da via, uma das principais da Vila Real.

E então se imagina se num caso tão primário se erra assim, fica complicado pensar um procedimento em situações mais sofisticadas.

Não há, definitivamente, como ficar só no oba-oba e não fiscalizar.