Emasa avisará sobre excesso de consumo de água

A Empresa Municipal Água e Saneamento de Balneário Camboriú (EMASA) inicia a partir desta quarta-feira (12) a entrega de um aviso ao consumidor (impresso na hora da leitura), toda vez em que o leiturista detectar consumo de água muito acima da média. Além do aviso, a EMASA vai reter a fatura para análise e recomendar uma vistoria a fim de detectar possíveis vazamentos no encanamento do imóvel.

Hoje, os consumidores que apresentam consumo muito acima da média já não recebem sua fatura no momento da leitura. O consumo excessivo é analisado pela EMASA, que verifica se o problema é um possível erro de digitação no momento da leitura ou vazamentos no imóvel. Neste último caso, deve ser detectado e reparado pelo consumidor. Após a confirmação do volume, a fatura é gerada e enviada ao cliente em até 10 dias.

"Antes os consumidores não eram avisados que a fatura foi retida para análise, e, se fosse o caso de vazamento na residência, iam passar dias e dias e o problema não seria solucionado. Com o aviso, o consumidor pode detectar o problema com mais rapidez e solucioná-lo", comentou o diretor-geral da EMASA, Douglas Costa Beber.

Também a partir desta quarta-feira, os consumidores da EMASA poderão fazer sozinhos a religação de cavalete em casos de corte do fornecimento de água, após pagar as faturas em atraso. O serviço antes era feito por um técnico, depois que o consumidor enviasse ou entregasse os comprovantes de pagamento na sede da Autarquia. Para a religação era gerada uma Ordem de Serviço e o técnico ia até local, cortava a fita, e abria o registro junto ao cavalete.

"Esse é um serviço muito simples e já é utilizado por outras companhias de água, esgoto, elétricas e gás. Além de que gera custos para a EMASA e para o consumidor, que precisava pagar para fazer a religação R$ 16,48. O cliente religando sozinho não há necessidade de ser cobrado esta taxa", completou Douglas.

As instruções para fazer o religamento serão incluídas no aviso de corte, que é entregue no imóvel quando ocorre o corte do fornecimento de água.