Quatro mortes no feriadão nas rodovias federais de SC

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou, na manhã desta segunda-feira (5), um balanço da Operação Finados 2018, realizada pela instituição entre a 0h da última quinta-feira (1º) e às 23h59min de domingo (4), em todo o país.

No período foram registrados nas rodovias federais que cortam o estado um total de 90 acidentes, dos quais resultaram 104 feridos e quatro mortes. Se comparado ao último feriadão de motivação religiosa e com mesma duração, o de Nossa Senhora Aparecida, em outubro deste ano, os números demonstram uma queda tanto número de acidentes, quanto de mortos e feridos.

 

N.Sra. Aparecida

Finados

Variação

Acidentes

108

90

-16,6%

Feridos

140

104

-25,7%

Mortos

05

04

+20%

Uma característica observada pela PRF durante a operação, entretanto, foi o alto percentual de motociclistas entre as vítimas fatais. “Isso mostra, mais uma vez, a fragilidade deste tipo de veículo, que quando se envolve em acidente o motorista quase sempre fratura algum osso, acaba tendo traumatismo craniano, ou mesmo falecendo, em grande parte dos casos”, disse agente Adriano Fiamoncini, do núcleo de comunicação social.

Os óbitos dos motociclistas aconteceram na BR-158, em Cunha Porã (colisão frontal); na BR-282, em Lages (colisão transversal); e em Rancho Queimado (colisão frontal). A quarta vítima, motorista de automóvel, aconteceu na BR-101, no trecho que corta Itapema, em decorrência de uma colisão traseira.

Infrações e detenções
Ainda durante a Operação Finados, foram lavrados em Santa Catarina 2.233 autos de infração, dos quais 88 para motoristas dirigindo sob o efeito de álcool, 396 por ultrapassagem em local proibido e 159 para ocupantes sem cinco de segurança ou crianças sem cadeirinha. Outros 34 motoristas foram flagrados manuseando o telefone celular enquanto dirigiam.

Por fim, o balanço da PRF aponta a recuperação de oito veículos roubados e a detenção de 19 pessoas por crimes diversos.