Emasa assume abastecimento de água do Estaleirinho

A Empresa Municipal de Água e Saneamento de Balneário Camboriú (EMASA) assumiu o sistema de abastecimento de água no Estaleirinho, mantido até então, pela empresa Águas de Itapema, concessionária do município vizinho. São cerca de 215 ligações já existentes no bairro, asa quais automaticamente, passam à responsabilidade da Emasa.

"O abastecimento será mantido por meio do mesmo reservatório que abastece a praia do Estaleiro, com capacidade de um 1,5 milhões de litros, garantindo água tratada e de qualidade aos moradores”, disse o diretor geral da Emasa, Douglas Costa Beber.

O abastecimento nas Praias Agrestes, iniciado pelo Estaleiro e agora chegando ao Estaleirinho, atende reivindicação de mais de 30 anos daquela região tornada realizada desde o mês de março. “Levar água para a Praia do Estaleiro e Estaleirinho é uma conquista não só para os bairros, mas para Balneário Camboriú. Agora nosso compromisso é levar água para Taquaras e Laranjeiras, e isso acontecerá em breve”, ressaltou o prefeito.

Os moradores sem abastecimento de água da rede, poderão fazer o pedido de nova ligação no balcão de atendimento da Emasa a partir desta segunda-feira (08). Quem possuía a fatura para pagamento no débito em conta, deve procurar a autarquia para fazer alteração de dados.

Para se cadastrar e solicitar a ligação de água, o proprietário do imóvel ou procurador deve comparecer na sede da Emasa (4ª Avenida, 250, Centro), das 9h às 18h. Ou no atendimento da Emasa no Posto Avançado da Fazenda, anexo ao Pronto Atendimento 24h - PA da Barra (Rua Jardim da Saudade), de segunda à sexta-feira – das 13h às 18h.

 Documentos necessários para o cadastro:

- Certidão de Inteiro Teor ou extrato de matrícula atualizado emitidos pelo registro de imóveis municipal, com no máximo 30 dias de validade;
- Documentos originais de RG e CPF do proprietário ou do procurador, juntamente com a devida procuração;
- Imagem que comprove que foi construída a caixa padrão para ligação de água;
- Também é necessário que as instalações sanitárias de esgoto interno no imóvel respeitem a legislação vigente.

Dúvidas e informações pelo 0800 643 6272 ou no Whatsapp Comercial (47) 3261-0000.

===

MUITOS podem perguntar por que o sistema de água do Estaleirinho estava sob administração da cidade de Itapema. Explica-se: tanto Itapema quanto Balneário Camboriú romperam o contrato com a Casan na mesma época. Sob a gestão da empresa estadual, cabia ao sistema que serve Itapema abastecer Estaleirinho. Depois, com a concessão à Águas de Itapema, a obrigação de abastecer continuou com aquela cidade, porém os investimentos em nova rede e mesmo a manutenção ficaram suspensos, defasando o atendimento. Mesma coisa aconteceu com a Praia Brava, em Itajaí, que durante bom tempo ficou sob responsabilidade da Emasa e depois passou ao Semasa, empresa daquela cidade. Nos dois casos, havia o pagamento do serviço: a Emasa pagava para Itapema e Itajaí pagava para a Emasa. Com preços muito defasados no tempo e no espaço, mas pagavam. No caso de Itajaí, a parceria cessou quando o Semasa implantou rede própria na Brava. Caso agora do Estaleirinho. A passagem para a Emasa abre caminho para expansão e manutenção mais eficiente e permanente.