Trimestre: quase 35 mil novas empresas surgiram em SC

Santa Catarina registra recorde de novos negócios no primeiro trimestre deste ano com 34,8 mil empresas constituídas na Junta Comercial de Santa Catarina (Jucesc) até o mês de março. O crescimento de quase 30% em relação à média de 2018 é o maior dos últimos três anos. Em 2018, foram 27 mil novas empresas, no período e, 21,7 em 2017. Este ano, o saldo entre empresas constituídas e baixadas foi 22,7 mil até agora.

Assim como ocorreu no Estado, três cidades catarinenses também se destacaram na média mensal para o surgimento de empresas no trimestre, são elas: Joinville, Blumenau e Lages, com 32%, 31% e 28%, respectivamente, de novos negócios.

A economia catarinense gerou 25,3 mil novos postos de trabalho em fevereiro. Foi o terceiro Estado que mais gerou empregos no mês, depois de ter liderado em janeiro (com a criação de 20,2 mil). O saldo do mês supera em 55,2% o de fevereiro de 2018. O número de empregos formais acumula crescimento de 2,3% neste ano quando comparado com o mesmo período do ano passado.

Para o economista da SDS, Paulo Zoldan, o fim das incertezas eleitorais e a perspectiva de mudanças estruturais na economia geraram otimismo no meio empresarial, tanto na indústria quanto no comércio. Os consumidores, depois de dois anos de pessimismo, estão otimistas com as perspectivas da economia. Segue também tendência de melhoria na qualidade de endividamento do catarinense. Caiu o número total de endividados, inadimplentes ou daqueles sem condições de pagar suas dívidas.