Polícia Civil prende 19 pessoas de organização criminosa no RS e SC

A Polícia Civil de Santa Catarina desencadeou a Operação Feliz Mano Novo, em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul. A ação visa coibir organização criminosa do Estado do Rio Grande do Sul que começou a atuar no Extremo Sul de Santa Catarina nos crimes de tráfico de drogas, roubos e homicídios. Foram cumpridos 18 mandados de prisão preventiva expedidos pela Justiça e uma pessoa foi presa em flagrante, totalizando 19 presos. Ainda restam ser presas duas pessoas que tiveram prisão decretada e não foram localizadas.

Segundo o delegado responsável pela investigação, Luis Otávio Pohlmann, também foram cumpridos 20 mandados de busca e apreensão, onde foram apreendidos arma, drogas (cocaína e crack) e dinheiro. As diligências foram cumpridas nos municípios de Sombrio/, Balneário Gaivota, Santa Rosa do Sul, Araranguá (SC), E em Torres, Osório, Montenegro e Santa Maria (RS).

As diligências de Torres e Santa Maria foram cumpridas por policiais civis daquelas cidades. As diligências de Osório e Montenegro, por agentes da SUSEPE/RS. Em relação às diligências de Araranguá/SC, por agentes do DEAP/RS.

A operação mobilizou 100 policiais, sendo 60 policiais civis catarinenses – DRP de Criciúma e unidades Policiais, DIC, 1ª DP, CPP, DPCAMI Araranguá, DPs Balneário Arroio do Silva, Balneário Gaivota, Sombrio, Turvo, Timbé do Sul, Jacinto Machado, Santa Rosa do Sul, São João do Sul, Praia Grande, Maracajá, Passo de Torres – 20 policiais civis gaúchos e 20 policiais militares catarinenses.