Finalmente, ponte da Marginal Leste entra em fase decisiva

Uma das obras mais importantes para a mobilidade urbana de Balneário Camboriú, a ponte sobre o Rio Camboriú, na Marginal Leste, no sentido Sul da BR-101, entra nos próximos dias em uma nova fase.

A ponte de 430 metros ligará as duas margens do Rio Camboriú permitindo o acesso pela Marginal Leste de quem vem da Interpraias para o Centro da cidade, sem ter que passar pela BR-101. A responsável pela obra é a empresa Arteris - Autopista Litoral Sul, que teve a autorização para a obra concedida pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

“Esta é uma obra fundamental para a mobilidade da região, especialmente após a abertura do Centro de Eventos, que deve aumentar ainda mais o trânsito no local. Várias vezes estive em Brasília na ANTT atrás da liberação desta obra há tanto desejada. Nesta fase de implantação das vigas ali na Rua 3700 vai haver transtorno no trânsito, mas logo que estiver pronta trará um grande ganho para a região sul da cidade”, destacou o prefeito Fabrício Oliveira.

A obra, que iniciou em 2018, chega agora na etapa de construção dos dois blocos que irão sustentar os pilares da ponte e que serão construídos próximos à ligação da Rua 3700 com a Rua Dom Afonso (paralelamente à ponte já existente da BR-101), obrigando restrições de trânsito no local durante aproximadamente três meses.

De acordo com o coordenador de Implantação da Arteris, Orlei Baierle Junior, serão feitas nessa etapa as fundações, blocos e pilares de dois eixos de sustentação da ponte. Um dos eixos ficará de um lado da Rua 3700, e, o segundo, do outro lado. “As atividades desenvolvidas nestes locais são de perfuração de estacas, execução de blocos de concretos e pilares para apoio das vigas pré-moldadas que já temos prontas, permitindo assim a continuidade da ponte. Esse trabalho ocupará uma das faixas da Rua 3700 durante a execução”, explicou Orlei.

Como fica o trânsito

A partir do próximo dia 16 de março, uma das faixas da Rua 3700 será interditada para a continuação da obra, e o trânsito no local terá horários intercalados de fluxo.

O trânsito pelo local se dará em mão única da Rua Dom Afonso (Via Gastronômica) em direção ao Centro (pela Rua 3700), das 6h da manhã até às 14h.

Das 14h até a meia-noite, o fluxo será o contrário, do Centro (pela Rua 3700) em direção aos bairros (para a Rua Dom Afonso).

Haverá interrupção total do tráfego na passagem da 3700 para a Dom Afonso, e vice-versa, da meia-noite até as 6 da manhã todos os dias, por questões de segurança. 

Segundo o diretor presidente da BC Trânsito, Ricieri Ribas Moraes, as mudanças de trânsito que buscam atenuar os transtornos da obra foram feitas baseadas em estudos do fluxo do tráfego no local. Durante o período de obras, os motoristas poderão utilizar rotas alternativas, que ajudarão a minimizar os possíveis congestionamentos, principalmente em horários de pico.