Dez estabelecimentos interditados e duas festas clandestinas encerradas

A operação de fiscalização que foi intensificada neste fim-de-semana, com equipes percorrendo os estabelecimentos de Balneário Camboriú. O objetivo é fazer cumprir os decretos estadual e municipal que disciplinam o funcionamento de locais, desde que cumpridas regras de segurança e prevenção diante da epidemia de Covid-19, como o uso obrigatório de máscara, distanciamento social e proibição de aglomeração.

A ação feita pelos Fiscais de Postura e Guarda Municipal, com o apoio do Corpo de Bombeiros Militar, interditou dez estabelecimentos por cinco dias e encerrou duas festas privadas, por desrespeito às recomendações dos decretos. Outros 28 estabelecimentos foram visitados, mas estavam seguindo as adequações.

Dentre as abordagens, uma denúncia levou a equipe até uma festa privada no Estaleirinho, que reunia mais de 200 pessoas, descumprindo todos os regramentos.

A partir desta segunda (22), com a publicação de decreto que proíbe o funcionamento destes estabelecimentos após as 23h, a fiscalização será intensificada.

A operação dos Fiscais de Postura e Guarda Municipal, está atuando também na Praia Central e nas Praias Agrestes, com carro de som, abordando e orientando sobre a obrigatoriedade do uso de máscara e para que se evitem aglomerações.