BC fica dentro dos limites de gastos com pessoal, mas Camboriú extrapola

Balneário Camboriú, segundo dados do sistema e-Finge do Tribunal de Contas do Estado, teve boa performance orçamentária em 2019. Manteve abaixo dos limites de risco nas despesas com pessoa, investiu mais que o dobro do mínimo em Saúde (15%) e ultrapassou também o limite mínimo exigido para gastos com Educação (25%). 

Em Camboriú, embora se tenham mantido índices positivos nas despesas com Educação e Saúde, com valores acima dos limites mínimos exigidos por lei, o município extrapolou significativamente os limites máximos permitidos para despesas com pessoal em 2019 e continua extrapolando em 2020, de acordo com dados do primeiro quadrimestre do ano (janeiro, fevereiro, março e abril).

O limite máximo para despesas com pessoal é de 54%.