Libidinagens no Caixa D.Aço na mira da polícia

A Polícia Civil investiga a prática de atos obscenos na região do Caixad’Aço, em Porto Belo, litoral Norte de Santa Catarina. Os procedimentos (Termos Circunstanciados) estão em andamento pela Delegacia de Polícia em Porto Belo.

De acordo com a Delegada de Polícia Luana Backes, as cenas aparecem em vídeos repassados para a Polícia Civil, em que mostram pessoas praticando atos libidinosos em meio às embarcações na praia do Caixad’Aço. Há fatos apurados desde janeiro e outros agora em fevereiro, estes últimos em vídeos que mostram relação sexual em meio às pessoas que estavam no local.

O crime investigado está previsto no artigo Art. 233 do Código Penal - Praticar ato obsceno em lugar público, ou aberto ou exposto ao público, com pena prevista de detenção, de três meses a um ano, ou multa.

Fiscalização

No começo da semana, em outra frente, a Polícia Civil participou de uma operação conjunta para coibir e apurar irregularidades marítimas e ilícitos no Caixad’Aço. O foco da ação foi em relação à perturbação do sossego, consumo de drogas, superlotação das embarcações e embriaguez na condução de embarcação.

A Polícia Civil participou da ação, que reuniu ainda a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Marinha do Brasil, Secretaria de Segurança Pública de Porto Belo, Guarda Municipal de Porto Belo, FAMAP e Judiciário.