Ex-comandante geral da PM confirma comentário do site

O ex-comandante geral da Polícia Militar, Valdemir Cabral, confirmou informação deste site, remontando declarações suas em Criciúma, de que a corporação está defasada em seu efetivo, hoje igual há 30 anos, apesar do enorme crescimento demográfico do período.

(RELEMBRE A MATÉRIA CLICANDO AQUI)

Ele respondeu à matéria, via Facebook:

Caro amigo Aderbal Machado, confirmo as palavras ditas na ocasião, realmente nosso efetivo não acompanhou o crescimento populacional do nosso Estado. Qdo no exercício do Cmdo da nossa PM, ja vinha alertando o Sec de Seg e o Gov do Estado Raimundo Colombo da necessidade de reposição do efetivo, no seu segundo mandato, na ordem de 1500 policiais por ano. Não podemos deixar de ressaltar q o nosso Gov Colombo no seu primeiro mandato fez seu dever de casa, incluindo mais de cinco mil agentes na seg publica e desses quase três mil na PM, porém isso não foi suficiente, pois a herança deixada pelos últimos Governadores, q não tiveram o olhar para a Seg Publica, vai levar tempo para sua recomposição. Vale lembrar os investimentos efetuados com viaturas, armamento, equipamentos, inteligência e monitoramento, mas nada substitui a presença do Policial Militar patrulhando as ruas. Muito embora sejamos o Estado de melhor qualidade de vida e de menor índice de criminalidade, a sensação de segurança só é produzida quando o cidadão avista uma viatura ou um PM nas ruas. Meu lema no período em que tive o privilegio de dirigir nossa PM foi o de aumentar a ostensividade, colocando nossos PM próximo às pessoas. Lugar de PM é nas ruas. Somos a Policia ostensiva. Vamos esperar que os investimentos continuem e principalmente na contratação de agentes para a área da Seg Publica, principalmente PM.

Não há necessidade de reforço e nem de novos comentários meus. Disse tudo. Ele entende muito. E viveu o problema lá dentro.