Tava bonitaço, Paulo Milton; irrretocável

A cidade parou, literalmente. As ruas encheram para ver e registrar a passagem da Tocha Olímpica por Balneário Camboriú. Os presságios negativos foram apagados pela grandiosidade da festa. Críticas? Sim. Existiram, existem e existirão. Mas quem olhou e vivenciou, desmente pela realidade esplêndida do acontecimento em si. As cassandras passam. E a cidade merece mais.

Parabéns ao Paulo Milton e sua equipe.