Fabrício: é fogo, amigo!

Não me acusem; não tenho nada com isso. O fogo amigo é que tá pegando.

O governo Fabrício Oliveira nem bem começou e o pau tá cantando nas mídias sociais. E vindo de gente do apoio direto e ostensivo da campanha eleitoral, de aconselhamentos abertos e diários. Aos adversários pedem “um tempo para Fabrício”, mas os amigos não perdoam. E é ali que está nascendo uma dissenção no novo governo, que ainda nem tirou o cueiro. É o caso de Mazinho do Página3. Ele demonstrou revolta com nomeações para cargos de relevância na Emasa. Segundo ele, nomearam gente envolvida com empresas suspeitas. Ele disse, no Facebook: O Fabricio está nomeando ex-funcionários de fornecedores suspeitos para cargos chave da Emasa”.

Mais adiante, noutra postagem: Fabrício Oliveira precisa cuidar porque quem se cerca de vagabundos acaba fazendo um governo vagabundo.

Acho que o barco já tá fazendo água, nem bem saiu do porto. Carregado de "velhas ideias".