Estado chama aprovados e anuncia novo concurso na segurança

Colombo lembrou que no ano passado foram convocados 486 policiais civis: 420 agentes e 66 delegados. E cerca de 700 policiais militares. Eles já se formaram e estão atuando em todas as regiões.

O secretário de Estado da Segurança Pública, César Grubba, salientou que a nomeação de novos agentes e a realização de um novo concurso público demonstra uma resposta do Governo do Estado contra a criminalidade crescente. “Esses anúncios de hoje respondem ao anseio da sociedade catarinense. Desde 2011, o Governo do Estado já nomeou mais de 7 mil agentes da segurança pública, a maior convocação da história da Segurança em Santa Catarina. Foram 22 concursos realizados pela SSP”, informou Grubba.

O delegado-geral da Polícia Civil, Artur Nitz, explicou que com esta chamada todos os agentes da PC aprovados no último concurso foram convocados. “Os 234 de hoje se somarão aos 420 que já se formaram no final do ano passado. Os novos agentes serão deslocados para várias regiões do Estado, em especial àquelas em que a criminalidade está intensa. Eles serão nomeados em junho, farão curso de formação na Acadepol e em novembro devem estar atuando em prol da população catarinense”.

“Com esse novo concurso para o Corpo de Bombeiros e posteriormente com as nomeações vamos reforçar os trabalhos e dar um melhor atendimento à população”, disse o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Onir Mocellin.

O secretário de Estado da Fazenda, Antonio Gavazzoni, explicou que após análise pelo Tesouro Estadual, chegou-se à conclusão que será possível absorver este impacto na folha. "Assim como responsabilidade fiscal, temos que ter responsabilidade social. E este momento exige reforços na nossa Segurança", completou. (Assessoria do Governo)