Deque do Pontal Norte: a mentira tem perna curta

Este pessoal precisa ter mais cuidado ao responder críticas, como a feita pelo ex-prefeito Piriquito, a propósito do estado em que encontrou o deque do Pontal Norte, com trechos caídos e boa parte deteriorada e sem recuperação.

Ora, o deque existe lá há anos e anos e jamais esteve em tal situação. A razão é simples: fazia-se manutenção, embora em certos períodos houvesse apagões no serviço e ele sofria com a ausência de uma vigilância maior por parte da secretaria de Obras do município e da própria limpeza urbana. Mas imediatamente vinham respostas e o serviço se fazia.

É tipo de construção que, sem uma manutenção mensal rigorosa, sempre terá problemas. Isto é sabido e muito sabido por parte dos ilustres administradores.

A resposta da secretaria de Obras, ao afirmar que “é como o ex-prefeito deixou” é uma grossa mentira e de um cinismo medular. Basta ler matéria publicada no site da própria prefeitura, em 16 de janeiro de 2017, quando se anunciava trabalhos de manutenção em andamento e substituição de material deteriorado.

O que houve? Seis meses depois tudo voltou à estaca zero? Ainda não conseguiram terminar o serviço? Não fizeram o serviço bem feito? Não fiscalizaram? Não dá pra acreditar que, após seis meses, ainda não conseguiram recuperar um mero deque de 500 metros de extensão, com serviços oficialmente iniciados em JANEIRO...

Foi infantil usar o recurso de acusar, de novo, o governo anterior por um desleixo do atual, comprovado pela matéria publicada, repetimos, NO SITE OFICIAL DA PREFEITURA no atual governo, logo ao assumir (IMAGEM ANEXA).

Desçam do palanque e parem de brincadeiras...