Três golpes de estelionato na cidade

Ocorrências policiais desta quinta-feira da PM demonstram a existência de quadrilhas agindo na cidade e aplicando golpes de estelionato mediante ameaças. Bom prestar atenção:

Primeira ocorrência

A Polícia Militar foi acionada para atender três ocorrências de estelionato no dia de hoje. A primeira delas foi por volta das 10h20, quando uma guarnição foi acionada pela Central de Emergências-190 para atender uma ocorrência onde um homem que teve sua moto furtada teria recebido uma ligação de um número desconhecido exigindo dinheiro para devolver a moto. O criminoso afirmava que teria comprado a moto e queria R$ 800,00 em dinheiro para devolvê-la, passando uma conta bancária para depósito. A vítima realizou o depósito do valor solicitado, porém não recebeu mais informações do agente nem conseguiu mais contato com o mesmo. Somente após isso ele acionou a Polícia Militar. Foi lavrado um boletim de ocorrência e o caso será investigado pela Polícia Civil.

Segunda ocorrência

Mais tarde, por volta das 11h40, quando uma funcionária de uma empresa recebeu uma ligação de um número de celular (51-99644-7329) se dizendo ser funcionário do suporte técnico da empresa e, aparentemente, o estelionatário demonstrava ter conhecimento dos sistemas da empresa. Ele solicitou que a vítima repassasse um código que seria utilizado que geraria uma recarga de R$ 100,00 reais em créditos de celular. O procedimento foi feito três vezes, dando um total de R$ 300,00 reais em recargas. Na quarta vez, uma colega percebeu que se tratava de um golpe, encerrando a ligação. A Polícia Militar foi acionada e lavrou um boletim de ocorrência. O criminoso não foi identificado.

Terceira ocorrência

A terceira ocorrência foi por volta das 13h50, quando uma guarnição foi acionada pela Central de Emergências-190 para atender uma possível roubo em uma lotérica. No local foi constatado mais um caso de estelionato, em que uma funcionária recebeu uma ligação de um número desconhecido em que um homem exigia que a funcionária depositasse valores que ele ordenava. O criminoso afirmava que se não fosse realizado o depósito, ele iria “pegar um cliente e meter bala”. Percebendo o nervosismo da vítima, foi acionado o alarme e acionada a Polícia Militar. Nenhum suspeito foi localizado nas proximidades e foi constatado que se tratava de mais um crime de estelionato. Foi lavrado um boletim de ocorrência.


Outros casos semelhantes a este já foram atendidos pela Polícia Militar. Fica a orientação de que, em caso de receber alguma ligação suspeita, onde alguém lhe pede dinheiro ou diga que está com algum parente rendido, ou acidentado, ou ferido, e que precisa de dinheiro, desligue o telefone imediatamente e tente fazer contato com o familiar. EM NENHUMA HIPÓTESE REPASSE INFORMAÇÕES AOS CRIMINOSOS.