Pavan defende permanência da Secretaria de Turismo na estrutura de governo

O deputado Leonel Pavan, fez, da tribuna da Assembleia, a defesa da continuidade da Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte do governo, anunciada como uma das que seriam extintas por Eduardo Pinho Moreira. 

“Fiz ao governador Eduardo Moreira um balanço por cima, mostrei a importância da secretaria, inclusive burocrática, no atendimento aos municípios. A burocracia é tão grande que é a única secretaria que funciona em dois turnos, e não damos conta, mas o objetivo é fomentar o turismo”, explicou Leonel Pavan (PSDB), ex-secretário de Turismo, Cultura e Esporte. Segundo o deputado, a pasta ainda aprecia prestações de contas de dez anos atrás.

“Atletas que receberam R$ 10 mil para representar Santa Catarina e agora, dez anos depois, têm de devolver, mas são pobres, nem têm o que comer”, relatou Pavan.

Além disso, o ex-secretário explicou que para um programa de R$ 2 milhões, os municípios inscreveram projetos que totalizaram R$ 14 milhões em 2017, mas foram liberados cerca de R$ 700 mil.

===

Na sua defesa, parece-nos que o ex-secretário e agora deputado sedimentou as razões fáticas pelas quais o governador Pinho Moreira quer extinguir a Secretaria de Turismo.