É pra tirar o Temer? E quem ficará no lugar?

FUTUROLOGIA: QUEREM INTERVENÇÃO OU SUCESSÃO NATURAL COM A SAÍDA EVENTUAL DE MICHEL TEMER ?

Vamos a um exercício de futurologia sobre os acontecimentos:

Se o movimento dos caminhoneiros der certo - e Temer cair mesmo (afinal é isto que estão querendo, já não mais resolver os preços dos combustíveis), o que você acha que virá depois? Pela Constituição, assume o Rodrigo Maia, presidente da Câmara, até a eleição de outubro. Se não for ele, será o Eunício Oliveira, presidente do Senado. Se não for nenhum dos dois, será a Cármen Lúcia, do STF. Esta é a sequência constitucional. Os presidentes da Câmara e do Senado não quererão assumir por serem candidatos, dado que ficariam inelegíveis. Mas então teriam que renunciar até que assumisse um presidente desses poderes com disposição para assumir sem ônus de mandato. 
Ou que eles decidissem viajar para o exterior até outubro, dia da eleição.
Alguns falam em intervenção. Sabem a dimensão disso? Seria militar ou civil? Civil com quem? Se for militar, sabem a dimensão disso? Com qual prazo? A de 1964 também tinha prazo, como Castelo Branco queria e foi voto vencido. A linha dura do Exército assumiu e lá ficamos por 21 anos. 
Pior de tudo (estas são consequências da inconsequência do sistema e do povo) é que, na redemocratização, ou a volta do voto direto para presidente, elegemos Collor. 
O que quero dizer? Que é preciso calcular essas coisas. Apenas querer por querer e achar que é solução vai uma distância muito grande.