AGENDA 02/06 – TOME NOTA

HISTÓRIA

Campanhas de Garibaldi

Giuseppe Garibaldi foi decisivo na unificação da Itália. De 1836 a 1848, ele se exilou na América do Sul, aderindo à Revolução Farroupilha, no sul do Brasil. Em 1860, comandou a Expedição dos Mil, quando conquistou a Sicília e Nápoles. Garibaldi viveu seus últimos anos em uma ilha italiana, onde morreu em 2 de junho de 1882.

1815 - Napoleão Bonaparte implanta uma constituição liberal na França.

DATAS COMEMORATIVAS – 02 DE JUNHO

Dia Internacional da Prostituta
Dia Internacional do Pólen

FAMOSOS NASCIDOS NO DIA 02 DE JUNHO

1904 - Johnny Weissmuller (János Weißmüller), o mais famoso intérprete de Tarzan de Hollywood, em Timisoara-Romênia. Atleta e ator, ele conquistou cinco medalhas olímpicas de ouro em natação, antes de ser Tarzan.

1924 - Erasmo Dias, coronel linha dura do regime militar brasileiro, em Paraguaçu Paulista-SP.

1930 - Charles Conrad, astronauta norte-americano, 3º homem a pisar na Lua, no comando da Apollo 12, na Filadélfia-EUA.

1948 - Meire Pavão (Antônia Maria Pavão), cantora da Jovem Guarda, conhecida como a Rainha da Juventude.

1923 - Shimon Peres, político israelense.

1980 - Caio Blat, ator brasileiro, em São Paulo-SP.

OS ANIVERSARIANTES DE HOJE - PRÓXIMOS DE NÓS

Pedro Luiz Navarro Giaquinto 
Paulo Vendelino Kons 
Dyane Rosa 
Magalí Nunes Ignácio
EdinhoDez Dezewielewiski
Raquel Garcia Helm

OS FATOS ANOTADOS

DORIA NA FRENTE EM SP

Pesquisa Ibope encomendada pela Band e divulgada nesta segunda-feira aponta o tucano João Doria liderando a corrida pelo governo de São Paulo com 22% das intenções de voto. Em seguida, vem Paulo Skaf (MDB), com 15%, e Luiz Marinho (PT) com 4%. No segundo turno, em disputa com um dos outros nomes, Doria leva fácil, diz a pesquisa. De nada resolveram campanhas com ele.

DINHEIRO PARA A SAÚDE DA REGIÃO

A Secretaria de Estado da Saúde descentralizou o repasse de R$ 965 mil para a Agência de Desenvolvimento Regional, nesta sexta-feira (1º). O valor será investido na aquisição de veículos para o transporte de pacientes de Porto Belo, Itajaí e Bombinhas, no valor de R$ 150 mil cada um; na compra de uma ambulância para Balneário Camboriú, no valor de R$ 150 mil; no custeio de consultas e exames de alta complexidade de Camboriú, no valor de R$ R$ 150 mil; e no auxílio ao Hospital Marieta Konder Bornhausen na contratação de serviços de engenharia para a obra do Complexo Madre Teresa (Marieta) no valor de R$ 215 mil. “As instituições deverão encaminhar a documentação para análise do Governo do Estado e na sequência a ADR formalizará convênio para transferência dos valores”, explica o secretário regional Fredolino Alfredo Bento.

FUX PEDE MARCO NA FICHA LIMPA

O presidente do TSE, Luiz Fux, defende que o plenário do STF confirme que condenado em segunda instância não pode ter candidatura registrada. Ou isso ou se oficialize a bandalheira de uma vez por todas.

POR QUE PARENTE CAIU

A movimentação do Palácio do Planalto e de lideranças do Congresso pela redução dos preços da gasolina e do gás de cozinha e o interesse do governo nos R$ 100 bilhões do leilão dos barris de petróleo excedentes da cessão onerosa do pré-sal foram determinantes para que Pedro Parente deixasse a Petrobrás. Além do diesel, o ministro Moreira Franco (Minas e Energia) passou a defender um “colchão” para amortecer os preços de outros combustíveis. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), propõe subsídio ao gás de cozinha. O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), o atacou e não houve defesa por parte do governo. O sinal de que o governo buscava saídas para bancar novas medidas em relação aos combustíveis ficou evidente para Parente.

PAÍS TEM MAIS MORTES POR DOENÇA CRÔNICA

O número de mortes por doenças não transmissíveis, como câncer e diabete, cresceu 26% em dez anos no Brasil, segundo cálculo feito pelo jornal O Estado de São Paulo. A Organização Mundial da Saúde lançou ontem guia sobre o problema.

CRESCE PRESSÃO POR MUDANÇA NA POLÍTICA DE PREÇOS

A demissão de Pedro Parente intensificou a pressão do Congresso sobre o governo para que a política de preços da Petrobras seja alterada, com adoção de medidas para barrar a volatilidade das tarifas de combustíveis nos postos. Parente defendia a atual política, que define os preços com base na variação do barril do petróleo e na cotação do dólar.


PAVAN SEM PREVISÃO DE ALTA

Ainda internado na UTI do Hospital Unimed, em Balneário Camboriú, o ex-prefeito de Balneário Camboriú e ex-governador do Estado, deputado estadual Leonel Pavan, continua em coma, apesar de respirar sem aparelhos. Os médicos mantém atenção, mas não prognosticam quando ele poderá retornar à normalidade.


GELSON NA PRESIDÊNCIA INTERINA DA CÂMARA

O vereador Gelson Rodrigues (PSB), vice-presidente da Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú (CVBC), assumiu a presidência interina do Legislativo Municipal, na terça-feira (29/05).A transmissão de cargos aconteceu no gabinete do presidente, vereador Roberto Souza Junior (MDB), ausente por motivos particulares até o próximo dia 11 de junho.


AULAS NORMAIS EM SC

O dia a dia dos 534 mil alunos das escolas estaduais de Santa Catarina volta ao normal a partir desta segunda-feira, 4. Com o transporte escolar e a alimentação dos estudantes garantidos após o fim da paralisação dos caminhoneiros, a expectativa da Secretaria de Estado da Educação é de que as aulas sejam retomadas nas 1.073 unidades da rede estadual.

OS PARANGOLÉS DO DIESEL NÃO SÃO DE HOJE...