MDB indefinido entre Mariani e Moreira para o governo

Quem esperava uma definição no encontro desta segunda-feira do partido sobre quem será o candidato do MDB ao Governo do Estado saiu decepcionado. A reunião, que poderia selar um acordo, foi adiada para a próxima segunda-feira, dia 18. Sendo assim, tanto o governador Eduardo Pinho Moreira quanto o deputado federal Mauro Mariani terão mais uma semana para convencer as principais lideranças emedebistas sobre suas pretensões. 

Mariani é o presidente estadual do partido e disse que o próprio Eduardo Pinho Moreira havia apoiado sua intenção de ser governador. Durante este período de presidência estadual do MDB, o deputado federal percorreu o estado, reestruturou a sigla e se declara o herdeiro do capital político-partidário do ex-governador Luiz Henrique da Silveira.

Por outro lado, Eduardo Pinho Moreira assumiu o Estado em fevereiro e promoveu uma série de ações a fim de cacifar seu nome para a disputa. Se até fevereiro a bolsa de apostas do MDB estava quase totalmente voltada a Mariani, nos últimos meses Pinho Moreira mudou as cotações. Regiões que tinham Eduardo como fora do jogo, reviram suas posições.

A reunião da próxima segunda-feira deve ser definitiva, já que o escolhido deve encaminhar alianças e iniciar a preparação da eleição. Caso não possa ser candidato a governador, Eduardo, por força da legislação eleitoral, estará fora do processo como candidato a qualquer cargo.