Pesquisa exclusiva mostra como o povo está vendo a luta contra o coronavírus em Balneário Camboriú

Pesquisa realizada pela Academia Poliadministrativa de Pesquisas de Tadeu Comerlatto nos dias 1 e 2 de abril em Balneário Camboriú e com exclusividade para este jornal virtual, indica números a serem analisados por quem queira.

Os quadros mais completos estão anexados, para exame mais meticuloso, se desejarem.

Resumidamente:

Feitas 204 entrevistas em vários pontos, com metodologia adotada universalmente. Ouvidos 50,5 mulheres, 48,5 homens e 1,00 outros gêneros.

A maioria acompanha as informações e se atualiza pela Internet: 41,2 por cento. 14,7 por televisão. 43,6 por todos os meios, indiferentemente. Índices de rádio e jornal são irrisórios.

Atuação da imprensa: para a maioria (47,5%), as informações  levam pânico e 41,2% informa de maneira correta.

Sobre liberação de atividades: 43,6% acham que deve ser apenas para serviços essenciais. Outros acham (32,4%) acham que também para quem queira trabalhar. Defendem abertura total 16,2%. E 7,8% liberação para bares e restaurantes.

Atuação do presidente Jair Bolsonaro: 32,4% péssima; 31,9% ótima; 14,7% boa; 12,2% razoável; 8,8% ruim.

Atuação do governador Moisés: 23,4% ótima; 26,8% boa; 22,9% razoável; 17,6% péssima; 9,3% ruim.

Atuação do prefeito Fabrício: 36,1% ótima; 32,7% boa; 21,0% razoável. Os demais dados não estão tabulados.

Atuação do vice-prefeito Carlos Humberto: 38,5% razoável; 25,9% boa; 14,1% ótima; 12,7% ruim; 8,8% péssima.

Atuação do ministro Mandetta: 56,9% ótimo; 27,0% boa; 14,2% razoável. Os dados restantes são desprezíveis.

Nos quadros anexos, também poderão ser visualizados dados sobre atuação de senadores, deputados federais e estaduais de SC em relação ao assunto e igualmente o que o povo pensa da atuação dos vereadores.