Prefeito rebate críticas, explica processo contra ele e detona governo do Estado

Prefeito Fabrício Oliveira fala sobre a ação movida na Justiça contra ele e a secretária da Saúde, inclusive determinando multa de R$ 100 mil se não houver atendimento a pacientes que, indiferente de local de residência, procurem o Hospital Ruth Cardoso (LEIA AQUI). Na sua fala, o prefeito rebate a acusação, comprovando que grande parte dos atendimentos são, desde o início da pandemia, de outros municípios. Em alguns casos, até maioria, dependendo da situação e do tipo de atendimento. O próprio núcleo exclusivo de atendimento de casos de coronavírus recebe pacientes de outras cidades, sem qualquer embargo. 

O destaque da fala, no entanto, vai para a pesada crítica que o prefeito dirige ao governo do Estado e ao governador, pela desatenção e abandono da região, nesta situação especificamente, mas em tantas outras. Na realidade, o governo do Estado é ausente por aqui há muito tempo e não apenas no caso do atual governador Carlos Moisés. Ele apenas garantiu a continuidade desse verdadeiro desprezo por Balneário Camboriú.

O vídeo do prefeito explica melhor e detalhe números. Assista.